Tamanho do texto

Animal que come lulas foi encontrado após monitoramento feito pelas equipes do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos

peixe
Juarez Cabral/Instituto Biopesca
Peixe gigante encontrado no litoral de SP pesa mais de 200 kg e é raríssimo, segundo os biólogos

Um peixe agulhão-negro de 3,6 metros de comprimento e 202 kg foi encontrado morto na praia de Itanhaém, no litoral sul de São Paulo. Segundo especialistas, o animal é considerado raro e foi levado para a Unidade de Estabilização do Instituto Biopesca para apurar as causas de sua morte. Ele é o primeiro peixe de sua espécie a ser encontrado na região.

Leia também: Tempestade causa 'chuva' de peixes vivos e cobre estradas com animais, em Malta

O peixe , que foi encontrado já sem vida durante o monitoramento feito em praias do litoral sul por equipes do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), foi levado unidade do instituto localizada na Praia Grande. Biólogos devem analisar o corpo do animal e investigar o que, de fato, teria causado a sua morte.

peixe
Juarez Cabral/Instituto Biopesca
O peixe agulhão-negro encontrado em Itanhaém tem mais de 3 metros de comprimento

O agulhão-negro costuma habitar águas quentes e os maiores exemplares da espécie podem pesar mais de 600 quilos e medir até quatro metros de comprimento. Segundo especialistas, ele é de uma espécie que se alimenta de outros peixes e lulas.

Leia também: "Peixe-pássaro"? Criatura é capturada em rio da China e intriga pescadores