undefined
Reprodução/Instagram @hayleydesdemona
A baleia beluga, natural do Ártico, se tornou uma atração turística na cidade de Gravesend, no Reino Unido

Uma baleia beluga foi avistada em pleno rio Tâmisa, que corta a cidade de Londres, na Inglaterra, na última terça-feira (25). Segundo informações do portal Daily Mail, o mamífero apareceu na superfície pelo terceiro dia consecutivo e, apesar de estar na região da cidade de Gravesend, no estuário do rio, parece seguir em direção à capital do Reino Unido em vez de nadar rumo ao mar aberto.

Leia também: Comissão rejeita proposta japonesa de liberar a caça comercial de baleias

A baleia beluga , que pode ter mais de quatro metros de comprimento, foi apelidada de Benny e se tornou uma atração turística: centenas de pessoas já foram até as margens do Tâmisa para tentar vê-la.

Por outro lado, os especialistas que estão monitorando o cetáceo mostraram preocupação, tendo em vista que essa espécie de baleias é nativa do Ártico, mais especificamente das porções aquáticas entre a Groenlândia e o Mar de Barents, e, portanto, não deveria estar ali.

Um bote do grupo voluntário British Divers Marine Life Rescue passou três horas monitorando o animal na última terça-feira, e concluiu que “ela está decisamente perdida”, como disse a coordenadora nacional do projeto Julia Cable. “Isso é muito raro e aqui não é um lugar bom.”

A baleia está saudável e se alimentando regularmente, o que é um bom sinal, e grupos de resgate estão alertas caso o animal precise de ajuda. Enquanto isso, o grupo tenta ser o menos invasivo possível enquanto espera que Benny retorne ao Mar do Norte e nade rumo ao Ártico.

“Quanto mais ela permanece no Tâmisa, maior a nossa preocupação”, disse Rob Lott, cientista de mamíferos marinhos no Centro de Conservação de Baleias e Golfinhos, de acordo com o India Times . “Esperamos que seu instinto a guie para sair do estuário logo”.

Mas isso pode não acontecer. Existe a possibilidade de a beluga permanecer em águas britânicas por semanas ou até mesmo meses se continuar se alimentando bem, conforme apontou a coordenadora regional do rio Tâmisa, Sam Lipman. 

Leia também: Baleias branca e narval têm menopausa assim como humanos, revela estudo

Benny não foi a primeira baleia beluga a aparecer no Reino Unido

undefined
Reprodução/Shutterstock
Essa não foi a primeira vez que uma baleia beluga, também conhecida como baleia branca, apareceu no país (foto ilustrativa)

A aparição de baleias brancas nas águas da Inglaterra é extremamente rara, sendo que até o momento já foram registradas aparentemente 20 "visitas" oficiais ao país. A mais recente aconteceu no ano de 2015, quando três dos mamíferos foram flagrados.

Duas das belugas estavam na costa noroeste da Inglaterra, enquanto uma delas foi encontrada na Irlanda do Norte, país que também faz parte do Reino Unido.

Leia também: Turistas são surpreendidos por salto de baleia-jubarte ao lado de barco

baleia beluga  é um cetáceo que costuma viver de 40 a 60 anos. Elas são muito sociáveis, vivem em bando, podem ter mais de quatro metros e comprimento e são nadadoras lentas, porém, muito adaptadas a mergulhos profundos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários