Tamanho do texto

Por mais que pareça que as serpentes estejam acasalando, na verdade, estão brigando entre si em um duelo que poderia durar dias, disse especialista

O vídeo publicado na página do Facebook Gold Coast and Brisbane Sanek Catchers mostra o duelo entre as cobras
Reprodução/Daily Mail
O vídeo publicado na página do Facebook Gold Coast and Brisbane Sanek Catchers mostra o duelo entre as cobras

Um apanhador de cobras filmou uma cena rara e surpreendente na região de Queensland, na Austrália, ao encontrar duas pythons de carpete brigando entre si. De acordo com o portal britânico Daily Mail , todo o caso foi flagrado por Tony Harrison e publicada nas redes sociais.

Leia também: Família encontra duas cobras dentro de canos da lavanderia; assista ao vídeo

O especialista em cobras explicou, na filmagem, que as pessoas podem até pensar que os animais estão acasalando, mas na realidade, elas estão no meio de um duelo. “Essa batalha pode durar dias, já que o par é igual [em termos de capacidade física]”, disse.

Toda a cena foi filmada na cidade de Brisbane e chamou a atenção dos seguidores da página do Facebook “Gold Coast and Brisbane Snake Catchers”, na qual as imagens foram publicadas. Assista a alguns momentos da briga:

O vídeo foi postado na última sexta-feira (24) e já conta com mais de 20 mil visualizações. Harrison esclareceu que a espécie das serpentes não é venenosa e se alimenta de sapos, lagartos e pequenas aves.

Duas cobras em um único corpo

As duas cabeças das cobras foram vistas brigando pelo suposto
Reprodução/Daily Mail
As duas cabeças das cobras foram vistas brigando pelo suposto "controle do restante do corpo" do animal

Em mais um caso envolvendo brigas entre serpentes, um homem identificado apenas como Yang, flagrou uma situação muito rara no reino animal: uma briga entre as duas cabeças de uma mesma cobra.

Localizadas uma em cada extremo do corpo do réptil , as cabeças protagonizaram uma luta, cujo objetivo, de acordo com o  Daily Mail , era nada mais nada menos do que conseguir o controle do restante do corpo do animal.

Com vinte centímetros de comprimento, a cobra foi encontrada na província chinesa de Zhejiang, quando Yang decidiu caminhar após o almoço. O homem percebeu a incomum movimentação do réptil e, após prestar atenção na situação, descobriu as duas cabeças do animal.

As autoridades foram procuradas e, segundo a Polícia Florestal de Qingyuan, o animal pode ser uma serpente da espécie Calamaria septentrionalis , muito comum no Vietnã, mas que não costuma ser encontrada na China. Ela está listada na lei de proteção animal chinesa de 200, e, extremamente rara, se alimenta de minhocas.

Leia também: Guarda florestal tenta tirar foto com cobra e quase morre asfixiado na Índia

O gênero das cobras , porém, não pode ser identificado, já que não foi examinado por especialistas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.