Telescópio James Webb custou cerca de 10 bilhões de dólares
Wikipedia
Telescópio James Webb custou cerca de 10 bilhões de dólares


Diante da divulgação das  primeiras imagens feitas pelo telescópio James Webb no espaço, astrônomos de diversos países voltaram a pedir para que a Nasa altere o nome do instrumento.

Isso porque há alegações de que o ex-administrador da Nasa e subsecretário de Estado dos EUA que dá nome ao telescópio foi cúmplice da perseguição contra a comunidade LGBTQIA+ no país nas décadas de 1950 e 1960.

A perseguição ficou conhecida como Lavender Scare, e na ocasião houve uma demissão em massa de pessoas LGBTQIA+ que trabalhavam no governo norte-americano em meados do século 20.

Uma petição foi criada e assinada por mais de 1.700 pessoas da comunidade astronômica para que o telescópio seja renomeado. 


"Nós exigimos que o telescópio espacial de próxima geração da NASA, o Telescópio Espacial James Webb (JWST), seja renomeado. Esta nova missão reflete o arco-íris de universos possíveis que nossa comunidade imagina, sonha e trabalha, e seu nome deve refletir seu legado futuro", afirmam as pessoas que assinaram o documento .


Em sua conta oficial do Twitter, Chanda Prescod-Weinstein, professora de física da Universidade de New Hampshire e uma das quatro pesquisadoras que lideram a petição de renomeação, afirmou que nutre um duplo sentimento com a utilização do telescópio James Webb. 

"Como uma das pessoas que lidera o esforço para mudar o nome, hoje parece agridoce. Estou tão animada com as novas imagens e tão irritada com a sede da NASA", ressaltou.


Em setembro de 2021, a Nasa se posicionou contrária à mudança do nome do instrumento espacial. A agência afirmou que não havia encontrado evidências que jutificassem a renomeação do telescópio. 

Phil Plait, renomado astrônomo e escritor norte-americano, escreveu no Twitter que, apesar da importância do instrumento que custou 10 bilhões de dólares para ser construído, ele carrega uma marca negativa.

"O observatório produzirá ciência incrível e imagens deslumbrantes, certamente iguais a tudo o que o Hubble já fez. Mas tem o nome de alguém irrevogavelmente ligado ao fanatismo e à homofobia e, além disso, a NASA errou na maneira como lidou com a situação", afirmou.


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários