Tsunami em Tonga foi causado por 'ondas de gravidade acústica'
NASA/GOES/NOAA/NESDIS
Tsunami em Tonga foi causado por 'ondas de gravidade acústica'


Cientistas conduziram um estudo onde os resultados apontam que o tsunami que atingiu o arquipélogo de Tonga, em janeiro deste ano, foi causado por "ondas de gravidade acústica".

As conclusões obtidas pelos pesquisadores foram publicadas nesta segunda-feira (13) na Nature , conceituada revista científica britânica.


O fenômeno de gravidade acústica foi formado a partir da erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga. De acordo com a pesquisa, as ondas chocaram-se umas com as outras, o que gerou mais energia e contribuiu para a formação do tsunami.

As ondas de gravidade acústica tratam-se de ondas sonoras longas que viajam sob os efeitos da gravidade. Elas podem atravessar um meio como o oceano ou a atmosfera na velocidade do som, e são produzidas por fenômenos naturais como erupções vulcânicas ou terremotos.

"Usamos dados do nível do mar, atmosféricos e de satélite de todo o mundo, juntamente com modelos numéricos e analíticos, para demonstrar que este tsunami foi impulsionado por uma fonte em constante movimento, na qual as ondas de gravidade acústica que irradiam da erupção excitam o oceano e transferir energia para ele por ressonância", disseram os pesquisadores no estudo.

"Uma correlação direta entre o tsunami e os tempos de chegada das ondas de gravidade acústica confirma que esses fenômenos estão intimamente ligados."

A erupção do Tonga-Hunga, que ocorreu em 15 de janeiro deste ano, produziu a maior explosão atmosférica registrada na história. Ele enviou ondas de choque ao redor do mundo e uma nuvem de cinzas na atmosfera superior.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários