Uma foto de Stonehenge disponibilizada pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra
Universidade de Birmingham/Reprodução
Uma foto de Stonehenge disponibilizada pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra


Os arqueólogos do Reino Unido podem ter descoberto novas evidências sobre a origem do icônico círculo de pedras de Stonehenge . Trabalhando nas colinas Preseli, no oeste do País de Gales, eles encontraram os restos do que agora é considerado o terceiro maior círculo de pedras da Grã-Bretanha, que pode ter sido desmontado e movido 280 quilômetros para Salisbury Plain e reconstruído como o monumento que conhecemos hoje.

O estudo - publicado na edição de fevereiro do periódico científico Antiquity Journal - nomeia o círculo de pedra como " Waun Mawn " e descobriu que ele tem um diâmetro idêntico ao da vala ao redor de Stonehenge e uma estrutura alinhada igualmente com o nascer do sol do solstício de verão.

As pedreiras que abasteceram Stonehenge com suas "pedras azuis", nome dado às pedras menores no local, estão localizadas perto do Waun Mawn - apontando para uma fonte compartilhada de pedra para ambos os locais.

Acredita-se que as pedras azuis dos canteiros tenham sido erguidas há 5 mil anos , séculos antes de as pedras maiores conhecidas como "pedras sarsen" serem trazidas para o local.

Você viu?

O projeto de pesquisa, liderado pelo professor britânico de pré-história Parker Pearson, da University College London, já havia escavado duas pedreiras - e foi por meio desse trabalho que a conexão Waun Mawn - Stonehenge foi hipotetizada.

"Em 2008, nossa escavação de um Aubrey Hole (um dos 56 poços em um círculo em Stonehenge, datando do início do monumento) confirmou meu palpite de que esses Aubrey Holes continham pedras azuis logo no início em 3000-2900 a.C.", Pearson disse em um e-mail para o site CTVNews. "Percebi que, para descobrir as origens de Stonehenge, tínhamos que mudar nosso projeto de Stonehenge para a origem das pedras azuis."

Ao cavar no novo local de Waun Mawn, a datação científica de carvão e sedimentos nos buracos de pedra confirmou que o círculo de pedra Waun Mawn foi erguido por volta de 3400 a.C. , anos antes do primeiro estágio de Stonehenge construído em 3000 a.C.

"Parecia que para muitas das pedras [escavadas ao redor de Waun Mawn] havia um grande intervalo de tempo entre a extração e a montagem em Stonehenge", explicou Pearson. "Um dos buracos de pedra em Waun Mawn tinha lascas de pedra e uma seção transversal que pode ser combinada com uma das pedras azuis de Stonehenge."

Devido à pandemia de Covid-19 , Parker espera voltar às escavações ainda este ano.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários