molécula
Imagem ilustrativa / Arquivo / IBM Research Center
Movimento de moléculas foi registrado pela primeira vez em um estudo realizado por pesquisadores do Japão e EUA

O movimento de moléculas individuais foi registrado pela primeira vez na história em vídeo por um grupo de pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão e do Instituto Politécnico da Universidade Estatal da Virgínia, dos Estados Unidos. O registro foi feito a uma velocidade de 1.600 fotogramas por segundo, conforme assegura o estudo publicado na quinta-feira (5), por meio do Boletim da Sociedade Química do Japão.

Leia mais:
Conheça as vacinas mais promissoras sendo pesquisadas contra a Covid-19
Fragmentos de raro meteorito de 316 anos são encontrados na Espanha
Fonte misteriosa de luz ultrabrilhante e de raios-x desperta na Via Láctea

Um microscópio eletrônico de transmissão com alto desempenho foi utilizado para  detectar objetos menores que um angström - que metricamente representa um décimo de bilionésimo de metro -, com uma câmara de detecção direta de elétrons para capturar eventos em escala atômica em tempo real.

A novidade da pesquisa também consistiu que dessa vez, o registro das moléculas foi feito a uma velocidade 100 vezes superior aos experimentos anteriores do mesmo tipo.

Nanotubos de carbono vibratório contendo moléculas de fulereno foram filmados pelos pesquisadores, que capturaram, entre outras coisas, o movimento oscilatório nunca antes visto.

    Veja Também

      Mostrar mais