Foguete da NASA
Reprodução
Foguete da NASA

A NASA, agência espacial do governo dos Estados Unidos, divulgou na última quinta-feira (13) os quatro finalistas de um programa de missões interplanetárias, que investe no envio de sondas para outros planetas e astros com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre o sistema solar. Dois dos quatro projetos, que pretendem explorar Vênus ou as luas de Júpiter e Netuno, serão escolhidos e ocorrerão entre 2025 e 2029.

Leia também: "Quem muda o clima é Deus", diz senador ao contestar Nasa e ONU 

"As missões selecionadas têm o potencial de transformar nossa compreensão de alguns dos astros mais complexos do sistema solar", disse Thomas Zurbuchen, responsável pela Diretoria de Missões Científicas da NASA . “Explorar qualquer um desses corpos celestes ajudará a desvendar os segredos de como eles surgiram no cosmos”.

Após terem sido selecionados, os cientistas precisaram aprofundar seus projetos pelos próximos nove meses. A decisão final dos dois finalistas será tomada no final de 2021 e a previsão é que a partida das missões ocorra entre 2025 e 2029. As missões são escolhidas de acordo com o potencial científico deles. 

Conheça os projetos: 

DAVINCI+

Pretende analisar a atmosfera de Vênus para entender como o planeta se formou e evoluiu. Também deseja descobrir se o astro já teve um oceano. O projeto mergulharia na atmosfera de Vênus para medir sua composição. A missão tem potencial de reformular a visão sobre como um corpo celeste se forma no Sistema Solar. A última missão liderada pelos EUA que foi a Vênus ocorreu em 1978.

Leia também: Nasa prepara missão para investigar se há vida em lua de Saturno

Io Volcano Observer (IVO)

A missão deseja estudar uma das luas de Júpiter, a Io, para entender como as forças das marés moldam os corpos planetários. A lua é impactado pela constante pressão da gravidade de Júpiter e é o corpo mais vulcões ativos do sistema solar. Pouco se sabe sobre as características desta lua. Acredita-se que há um oceano de magma em seu interior. A missão pode revolucionar a compreensão de como se forma e evolui corpos rochosos.

TRIDENT

Propõe explorar Triton, uma lua gelada de Netuno que tem potencial para se tornar habitável. O objetivo da missão é descobrir possibilidades para formação de astros habitáveis ​​a enormes distâncias do Sol.

VERITAS

Leia também: Estagiário da NASA faz descoberta inédita de planeta com dois sóis

Mapearia com as sondas da NASA a superfície de Vênus para determinar a história geológica do planeta e entender porque o planeta se desenvolveu de maneira tão diferente da Terra. 


    Veja Também

      Mostrar mais