Sinal
Reprodução/CNN
Primeira vez em que o sinal sonoro foi captado aconteceu em 2015

A descoberta de sinais de rádio misteriosos pelo espaço já não é uma novidade para os pesquisadores. Entretanto, um estudo recente realizado no Canadá identificou pela primeira vez a taxa de repetição de um sinal específico, que foi encontrado ainda em 2015: cada emissão, que tem início em um local a mais de 500 milhões de anos-luz da Terra, demora cerca de 16 dias.

Leia também: Desigualdade infantil: Parelheiros tem o dobro de crianças que a Consolação

Segundo informações da CNN, a pesquisa publicada nesta semana foi realizada entre os dias 16 de setembro de 2018 e 30 de outubro de 2019 e estudou um sinal conhecido como rajada rápida de rádio (FRB na sigla em inglês). Com isso, o grupo conseguiu identificar que tal emissão acontecia a cada 16,35 dias e permanecia sendo recebida ao longo de quatro dias, para depois ser silenciada por outros 12 dias.

Observações anteriores apontavam que tais ondas de rádio realmente faziam mais de uma emissão. Porém, esta é a primeira vez que o valor específico deste dado pôde ser analisado. As informações foram incluídas no estudo mas, segundo os próprios pesquisadores, ainda necessita de análise mais ampla para ser confirmada com 100% de certeza.

O grupo espera agora que tal descoberta possa auxiliar na análise de como essas emissões são geradas, já que até hoje nenhuma pesquisa conseguiu confirmar com exatidão o ponto inicial das rajadas de radio, o que apenas aumenta o mistério em torno delas. Entender esse processo ajudará os astrônomos a conhecerem mais sobre o universo e a mapear outras localidades que possam ser fonte destes eventos.

Leia também: Eleição nos EUA: Bernie Sanders vence primária democrata de New Hampshire

No relatório divulgado, os pesquisadores consideraram algumas das possíveis causas para o fenômeno, como movimento orbital de uma estrela ou a ação de algum outro objeto estelar. Eles apontam ainda que futuras observações poderão ajudar a determinar se esta rajada rápida de rádio é uma exceção, com sua taxa de emissão definida, ou se isso é um padrão.

    Veja Também

      Mostrar mais