Dallol fica na Etíopia, na região do Chifre da África.
Creative Commons
Dallol fica na Etíopia, na região do Chifre da África.

Um estudo recente, publicado no último mês na revista científica Nature Ecology & Evolution , revela que há um local no planeta Terra onde não há vida. Localizados na região de Dallol, na Etiópia, os lagos hiperácidos, quentes e salinos do local criam um ecossistema inabitável tanto para humanos quanto para qualquer outro ser vivo.

Leia também: Eduardo Bolsonaro faz piada com erro de português de Haddad no Twitter 

"Após analisar mais amostras do que em trabalhos anteriores, verificamos que não há vida microbiana nessas piscinas”, explica a bióloga Purificación Lopez Garcia, líder da pesquisa. O estudo foi realizado por cientistas franceses e espanhóis do Centro Nacional Francês de Pesquisa Científica (CNRS). Para eles, esse estudo ajuda a circunscrever os limites da habitabilidade na Terra.

Dallol fica no Chifre da África e é uma região com temperaturas extremamente quentes, variando de 35 a 45ºC. O local é composto por crateras vulcânicas cheias de sal que emanam gases tóxicos. Lá também há diversas piscinas salinas e ácidas, com índices de pH negativos.

Você viu?

Os principais elementos que impedem a existência de vida são as altas temperaturas, em conjunto com as características hipersalina e hiperácida, além da abundância de sais caotrópicos de magnésio. No entanto, a bióloga explica que há, nos desertos e desfiladeiros salinos ao redor do local, uma grande diversidade de arquéias halofílicas, um tipo de micro-organismo primitivo que se adapta bem a locais com muito sal.

Leia também: Mortes de policiais caem 35%, mas letalidade da polícia sobe 50% em São Paulo

“Nosso estudo apresenta evidências de que existem lugares na superfície da Terra , como as piscinas Dallol, que são estéreis, mesmo que contenham água líquida", conclui a bióloga. A presença de água líquida é considerada uma dos critérios de habitabilidade em um planeta, mas o estudo revela que isso não significa que haverá vida no local.

Uma das luas de Saturno, a Titã, é um exemplo disso. Existe água líquida no astro, mas ela está presente em oceanos de gás metano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários