Tamanho do texto

Exoplaneta HD 26965b está localizado a 16 anos-luz da Terra e possui grandes chances de conter água e condições para abrigar formas de vida

O planeta do personagem Spock, do seriado norte-americano Star Trek, foi descoberto por astrônomos da Flórida
Reprodução
O planeta do personagem Spock, do seriado norte-americano Star Trek, foi descoberto por astrônomos da Flórida

Astrônomos da Universidade da Flórida descobriram o planeta Vulcano, conhecido pelos fãs do seriado Star Trek como a casa do personagem Spock. De acordo com informações da NBC News , o exoplaneta orbita a estrela 40 Eridani A e está a 16 anos-luz da Terra, na constelação Eridanus.

Leia também: Plutão deve voltar a ser considerado um planeta, defende nova pesquisa

O planeta da série Star Trek orbita uma estrela parecida com o Sol do nosso Sistema Solar e está dentro de uma zona habitável, ou seja, que pode ter água em forma livre e condições para o desenvolvimento da vida.

“A descoberta foi uma completa surpresa para nós”, explicou Jian Ge, coautor do estudo. “Nós não tínhamos a intenção de procurar pelo Vulcano orbitando a HD 26965”, o nome oficial da estrela.

O planeta em questão possui aproximadamente o dobro do tamanho do nosso planeta, sendo considerado a “super Terra” mais próxima a orbitar uma estrela como o Sol. As chances apontam para que ele tenha uma atmosfera e a rotação sincronizada com o corpo celeste que orbita, ou seja, a Eridani A.

Isso significa que um de seus lados está sempre virado para a estrela, o que o deixa sempre com temperaturas muito elevadas, “provavelmente muito quente para ser habitável”, esclareceu Sara Seager, astrofísica e cientista planetária no Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Contudo, como sua outra face sempre está fria, ela sim poderia abrigar vidas. “Além disso, a vida também pode sobreviver no subsolo. Como o seriado imagina, os habitantes de Vulcano podem morar em cavernas”, disse.

Leia também: Eduardo Jorge relembra Jornada nas Estrelas em propaganda eleitoral de Marina

Até o momento, seu nome é HD 26965b, contudo, a equipe responsável pela descoberta da casa de Spock tem planos de contatar a União para solicitar a troca: assim, ele passaria a se chamar Vulcano.

É possível ver a estrela de Star Trek a olho nu

O planeta Vulcano, que pode ser habitável, é a casa do personagem Spock, do seriado Star Trek
Reprodução
O planeta Vulcano, que pode ser habitável, é a casa do personagem Spock, do seriado Star Trek

O exoplaneta foi encontrado com a ajuda do telescópío da Fundação Dharma, que possui quase 1,3 metro e está no Monte Lemmon, no sul do Arizona. Contudo, nenhum equipamento é necessário para observar a estrela 40 Eridani A.

Leia também: Cientistas registram 'parto' de novo planeta pela primeira vez na história

"Essa estrela pode ser vista a olho nu, diferente dos sóis da maioria dos planetas que já descobrimos até hoje", explicou Bo Ma, estudante de pós-doutorado na Universidade da Flórida, sobre a estrela de  Star Trek . "Agora, qualquer um pode ver a 40 Eridani A em uma noite clara e ficar orgulhoso de estar apontando para a casa do Spock".