Tamanho do texto

Conhecido cientificamente como 'pilha', ocorre quando cristais de gelo formados pela aceleração de uma tempestade refratam os raios do Sol

Cientificamente chamado de ‘pilha', ‘nuvens arco-íris se formam quando cristais de gelo refratam os raios do Sol
Reprodução/Facebook
Cientificamente chamado de ‘pilha', ‘nuvens arco-íris se formam quando cristais de gelo refratam os raios do Sol

O céu ganhou ainda mais cores em Darwin, na Austrália , na última segunda-feira (15). Uma espécie de "forro" de nuvens coloridas encobriu o céu da região, deixando os moradores maravilhados. Cientificamente chamado de "pilha", o fenômeno das ‘nuvens arco-íris’ ocorre quando cristais de gelo refratam os raios do Sol.

Leia também: Hubble registra galáxia a 13 bilhões de anos-luz, uma das mais velhas do espaço

Nas redes sociais, os residentes de Darwin registraram as ' nuvens arco-íris ', comparando-as com um "prisma de gelo gigante" e com um "manto multicolor". De acordo com o meteorologista do Bureau of Meteorology da Austrália, Peter Markworth, a pilha raramente é vista, pois depende de uma combinação específica de condições. "Isso só ocorre quando a luz solar difrata através de uma alta densidade de cristais de gelo, dobrando a luz e criando cores deslumbrantes", explica. 

De acordo com o meteorologista Peter Markworth, o fenômeno pode ser visto no Top End, região Norte da Austrália
Reprodução/Instagram mytopend
De acordo com o meteorologista Peter Markworth, o fenômeno pode ser visto no Top End, região Norte da Austrália

Segundo Markworth, o fenômeno é muito semelhante às bolhas de sabão, já que possui uma bainha iridescente de arco-íris sob a luz. Ele afirma que esse tipo de nuvem se forma quando o vapor de água se condensa e congela, formando cristais de gelo uniformes devido à aceleração de uma tempestade.

"São necessários ângulos muito específicos para ver as cores, de modo que a posição e a altura da tempestade, o ângulo do Sol e o tamanho dos cristais de gelo se juntem”, disse ao Daily Mail .

Leia também: Queda de meteorito em Michigan causa terremoto nos EUA e no Canadá

O Top End , região que abrange a parte mais ao norte da Austrália, é um local em que  formações de nuvens podem ser vistas perfeitamente. 

'Manhã Gloriosa'

Fenômenos similares vistos na Austrália são as Morning Glory, ou “Manhãs Gloriosas”, nuvens parecidas com túneis, que podem chegar a mais de mil quilômetros.  Muitas vezes, podem aparecer e despencar do céu rapidamente.

Nomeada de “Kangólgi” pelos aborígenes, o fenômeno era considerado um sinal de ‘boa sorte’, e, toda primavera, pessoas costumam se reunir em Burketown, no norte de Queensland, para deslizar no glorioso tubo.

Leia também: Sem contato há dois anos, estação espacial chinesa pode cair na Terra em março

Diferente das "nuvens arco-íris" elas se formam quando o ar sobre Cape York esfria, dirige-se para o Oeste e transborda sob uma camada de ar quente, que dão o formato aos túneis , que atravessam as águas e depois se dispersam. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.