Sandra foi encontrada morta dentro do apartamento
Reprodução - 26.07.2022
Sandra foi encontrada morta dentro do apartamento

A Polícia Civil de São Paulo investiga a morte de Sandra Maria de Sousa Silva, encontrada sem vida, em um apartamento na Sé, Centro de São Paulo, neste domingo, 24. Ela morava com a filha de oito meses que estava no berço e apresentava sinais de desnutrição e desidratação. Ainda segundo familiares, ela estava grávida de um mês. O principal suspeito do crime é o companheiro da vítima.

A mulher foi encontrada depois que vizinhos e amigos acionaram um chaveiro para abrir o imóvel pois Sandra não respondia mensagens desde sexta-feira, 22. Além disso, segundo relatos, havia um cheiro forte no apartamento. De acordo com a Polícia, ela foi encontrada com marcas de agressão, sangue no nariz, na cabeça e duas perfurações de arma branca.

A filha de Sandra tinha sinais de que não era alimentada há alguns dias e tinha machucados pelo corpo. A equipe policial acredita que as marcas e hematomas na menina seriam de tentativas de deixar o berço. A criança foi socorrida e encaminhada para um pronto-socorro próximo ao local.

O caso foi registrado como feminicídio na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci. Vizinhos disseram que o homem deixou o apartamento com bolsas na mão, na sexta-feira, 22.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários