Estrada Engenheiro Marsilac
Vagner Fernandes
Estrada Engenheiro Marsilac


O governo de São Paulo vai investir cerca de R$ 116,8 milhões na recuperação de 10 estradas vicinais situadas nos extremos da cidade de São Paulo. O aporte foi anunciado nesta quarta-feira (1º) após reunião entre o secretário de Estado de Logística e Transportes, João Octaviano, e o prefeito em exercício, Milton Leite (DEM).


Presidente da Câmara Municipal, Leite também está à frente da prefeitura, enquanto o prefeito Ricardo Nunes (MDB) está em viagem nos Estados Unidos.


“Estas estradas que cortam os extremos da cidade são importantes demais. Transportam os moradores e a nossa produção. Por isso é essencial que sejam mantidas em bom estado. Cada centavo deste grande investimento é mais qualidade de vida para os paulistanos”, disse o gestor em exercício.


Em nota, o governo estadual afirma que os investimentos fazem parte das fases 6 e 7 do Novas Estradas Vicinais, considerado pela gestão o maior programa de recuperação de vias municipais em 10 anos. A iniciativa conta com centenas de obras em execução em todo o estado, com R$ 6,4 bilhões em investimentos.

Leia Também


“Investir nestas obras é de suma importância para levar mais segurança a seus moradores e melhorar os corredores logísticos que cortam a capital”, defendeu o secretário João Octaviano. Além dele e de Milton Leite, a reunião teve a participante do diretor de Operações do Departamento, Jorge Eloy Gomes Pereira, e do superintendente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Edson Caram. O DER será o órgão responsável pela aplicação do investimento.



O edital das obras da fase 6 foi publicado no Diário Oficial do último dia 26 de novembro. Já o edital da fase 7 será publicado em dezembro. A previsão de início das obras é no primeiro semestre do ano que vem.


Confira abaixo as vias que serão beneficiadas com o recurso:

  • estrada Engenheiro Marsilac: 10,8 kms de melhorias, valor estimado R$ 14.654.058,37;
  • estrada Jaceguava-Paiol (continuação da rua Manoel Pires de Moraes e av. Ernesto João Marcelino): 13,8 kms, valor estimado R$ 22.886.295,88;
  • estrada da Colina (Barragem, da Colônia e Evangelista de Souza): ligação da SP 270 (km 26) ao município: 13,6 kms, valor estimado R$ 22.123.817,37;
  • estrada Ecoturística de Parelheiros e Itaim II (atual av. Professor Hermogenes de F. Leitão Filho): 7,4 kms, valor estimado R$ 12.104.204,29;
  • estrada Vargem Grande e Colônia (atual avenida Noel Nutels): 2,2 kms, valor estimado R$ 3.839.660,06;
  • estrada Coronel Sezefredo Fagundes: 11,5 kms, valor estimado R$ 19.367.044,48;
  • estrada Campo de Baixo: 4,5 kms, valor estimado R$ 6 milhões;
  • estrada Ponte Alta: 12 kms, valor estimado R$ 18 milhões;
  • estrada Morro do S, (atual Morro do S, do Pinhal e  J. R. Rodrigues): 3,1 kms, valor estimado R$ 4 milhões;
  • estrada Paiol: 8,5 kms, valor estimado R$ 8,5 milhões.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários