Governador de São Paulo,João Doria, e Ricardo Nunes, prefeito da capital
Governo de São Paulo
Governador de São Paulo,João Doria, e Ricardo Nunes, prefeito da capital


A cidade de São Paulo vai ganhar 29 mil unidades habitacionais construídas pelo poder público. A construção foi anunciada pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) e pelo governador João Doria (PSDB), parceiros no investimento, nesta quarta-feira (13).


Segundo Nunes, serão quase R$ 2,2 bilhões de recursos em conjunto, sendo R$ 1,3 bilhão da prefeitura e R$ 857 milhões do governo estadual. Com as obras, a geração de empregos deve chegar a 110 mil vagas.


De acordo com o prefeito, a meta da atual gestão é fazer 49 mil unidades até 2024. “As pessoas terão a sua residência, a sua dignidade e o trabalhador poderá ter seu descanso e cuidar dos filhos”, defendeu durante evento no Palácio dos Bandeirantes.



Em meio a essas iniciativas, na última sexta-feira (9), Nunes sancionou o novo programa habitacional da cidade, batizado de "Pode Entrar". O projeto visa impulsionar a produção de unidades de interesse social na capital paulista, com ferramentas que ajudem na redução do déficit habitacional, como a chance de que a própria prefeitura adquira imóveis da iniciativa privada, entre outras ações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários