Policial é flagrado tentando algemar a professora por desacato à autoridade
Reprodução/TV Globo
Policial é flagrado tentando algemar a professora por desacato à autoridade


Um policial, identificado apenas como Rafael, foi afastado de suas funções depois de dar voz de prisão a uma professora que tentava fazer um Boletim de Ocorrência, na manhã desta terça-feira (26), no Recreio, Zona Oeste do Rio. O policial é lotado na 42ª DP (Recreio).

A mulher foi até a delegacia fazer um registro por causa de extravio de documentos. Mas o agente recusou-se a fazer o boletim, alegando que o procedimento deveria ser realizado pela internet.

A vítima, então, reclamou da postura do policial e disse que faria uma denúncia para a corregedoria. Foi nesse momento que Rafael deu voz de prisão à professora, mas foi impedido por outra agente.

As imagens gravadas por testemunhas mostram o momento no qual o policial tenta algemar a professora por desacato à autoridade e a leva, segurando-a pelos braços, até o outro lado da delegacia.

De acordo com o delegado titular da 42ª DP Luiz Maurício Armond, foram adotadas todas as medidas necessárias para apurar os fatos ocorridos.

"A minha posição é de ouvi-los, além de outras testemunhas, com mais detalhes. Comuniquei imediatamente a corregedoria e a direção da polícia, afastei o policial e foi registrado uma sindicância administrativa, um inquérito policial de abuso de autoridade e de lesão corporal também", explicou.

Segundo o delegado, a vítima foi encaminhada para um exame de corpo de delito, que ainda não teve o resultado divulgado. "Estou aguardando o retorno do laudo e o administrativo vai ser encaminhado à corregedoria, para que possa ser finalizado por questão disciplinar e o criminal vai ser relatado e encaminhado à Justiça", disse.

Após a confusão, a mulher conseguiu fazer o boletim de ocorrência por causa do extravio dos documentos na delegacia e também fez um outro registro de agressão contra o policial. Os registros para esse tipo de caso podem ser feitos pela internet ou presencialmente. Em caso de comparecimento da vítima a uma delegacia, o agente não pode se negar a registrá-lo.


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários