Prédio em Ipanema onde golpistas alugaram e furtaram apartamento
Reprodução/Google - 01.06.2022
Prédio em Ipanema onde golpistas alugaram e furtaram apartamento

Policiais da 14ª DP (Leblon) prenderam em flagrante um casal que tentava alugar um apartamento por R$ 26 mil com documentos falsos na Avenida Vieira Souto, na orla de Ipanema, na Zona Sul do Rio. De acordo com as investigações, Mariana Imbroso Pereira e Luan Raphael Pereira de Oliveira escolhiam imóveis de luxo, furtavam móveis e equipamentos eletrônicos e os revendiam em classificados virtuais. Eles foram autuados pelos crimes de estelionato, furto, uso de documentos falsos, além de associação criminosa.

Na tarde de ontem, policiais foram chamados por uma corretora de imóveis que desconfiou da documentação apresentada pelos locatários. Eles estavam no imóvel há cerca de duas semanas e, há alguns dias, foram flagrados deixando o apartamento com todas as televisões. Indagados, alegaram que estavam levando os equipamentos para serem convertidos em aparelhos smart.

O apartamento alugado por Mariana e Luan tem 232 metros quadrados, três suítes, sala com dois ambientes, copa-cozinha planejada, área de serviço, dependências completas, além de vista para a Praia do Arpoador.

Levados para a 14ª DP, a delegada titular Daniela Terra cruzou informações nos bancos de dados e descobriu que existia um registro de ocorrência feito em São Paulo por uma vítima que teve as informações pessoais utilizadas pela dupla para a confecção de novas identidades.

Durante as diligências, constatou-se ainda que Mariana e Luan, utilizando sistema de dados pagos, conseguem informações de terceiros, montam documentos falsos e utilizam em transações imobiliárias. De posse das chaves dos apartamentos, furtam itens como quadros e frigobar e depois os anunciam em sites de vendas. Com eles, foram apreendidos uma moto clonada e uma réplica de pistola.

Entre no canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários