Agente mira arma e atira após ser questionado por mulher sobre duração da ação
Reprodução
Agente mira arma e atira após ser questionado por mulher sobre duração da ação

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um policial militar atirando na direção de moradores da Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio, após uma discussão durante a operação desta quarta-feira,  que deixou ao menos 25 mortos.

Na gravação, feita por moradores e publicada pela deputada estadual Dani Monteiro (PSOL) nesta quinta-feira, uma mulher questiona um policial militar a respeito da duração da operação. "Moço, você falou que era meia hora só, tá? Você mentiu. Não tem palavra. Sem palavra", diz ela.

O policial, que estava acompanhado de outros agentes, se aproxima e rebate: "Tu 'falou' o quê? Eu sou o quê? Repete aí". Uma voz ao fundo grita "volta, volta!", enquanto um outro morador tenta apaziguar a situação dizendo ao policial: "Tá tranquilo, irmão, tá tranquilo".

Uma terceira moradora pergunta: "Vai bater na garota?". A mulher que primeiro dirigiu a palavra ao agente acrescenta: "Não vai me bater, não", e outros moradores próximos assentem.

Os policiais se distanciam e saem de foco. "É o mesmo cara que eu discuti", diz ao fundo a moradora a quem o policial se dirigiu, referindo-se a um episódio anterior. "Eu falei pra ele que ele era covarde", completa.


Depois que uma moto passa pela rua, um agente mira a arma em direção ao grupo de moradores e atira. Em choque, eles se dispersam. "Que isso?", diz um deles. Não é possível averiguar pelo vídeo se algum dos moradores ficou ferido.

Em resposta ao vídeo, a PM disse que sua Corregedoria Geral "acompanhará as apurações a cargo da Polícia Civil sobre as ocorrências da operação".

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários