Operação policial em Jacarezinho, RJ
Ricardo Moraes/RJ - 06.05.2022
Operação policial em Jacarezinho, RJ

Pesquisa do Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgada nesta quinta-feira (19) mostra uma queda nos registros de ocorrências criminais nas delegacias de polícia do estado do Rio de Janeiro.

Só no início desse ano, entre janeiro e abril, 1.025 pessoas foram assassinadas no estado do Rio, casos registrados como homicídio doloso, quando o autor tem intenção de matar. Apesar de alto, os dados apresentam queda 17% nas ocorrências nos primeiros quatro meses do ano, comparado ao mesmo período do ano anterior.

Esse é o menor número registrado nas delegacias do Rio de Janeiro desde 1991. Para se ter uma ideia, em 2021, o estado do Rio de Janeiro registrou 3.245 assassinatos. Esse dado que coloca o estado entre os mais violentos do país, ficando atrás somente de regiões do norte e nordeste.

Contudo, as quedas nos índices são bem vindas. Para Marcela Ortiz, presidente do ISP, “as constantes reduções expressivas nos índices de criminalidade do estado são resultado de investimento na segurança pública e nos servidores das forças de segurança feitos pelo governador do estado”.


Os números também caíram nas ocorrências envolvendo agentes do estado onde resulta em letalidade violenta. Uma queda de 23% com registro de 1.455 vítimas.  Incluindo de homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e morte, por intervenção de agente do estado. 

Já as ocorrências com mortes por intervenção de agente do estado apresentaram diminuição de 32% no período. O menor índice em 31 anos, somando 405 mortes com intervenção de agende do estado no primeiro quadrimestre. 

Crimes contra o patrimônio, como roubos de veículos e os roubos de carga registraram reduções expressivas no primeiro quadrimestre do ano, de 14% e 8% respectivamente e pela segunda vez consecutiva, os roubos seguidos de morte (latrocínio) caíram mais da metade. Um total de 16 vítimas em 2022, contra 39 em 2021.

Nos primeiros quatro meses deste ano, os roubos de rua (roubo a transeunte, roubo em coletivo e roubo de aparelho celular) tiveram queda de 21% no estado, somando 19.348 casos, contra 24.414 no mesmo período de 2021. Esse é o menor índice para o período desde 2005.

Os dados divulgados pelo ISP são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no mês de abril.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários