A ucraniana Yulya Golovko tem 26 anos
Reprodução/Instagram - 14.05.2022
A ucraniana Yulya Golovko tem 26 anos

Um casal de ucranianos, que chegou no Rio há cerca de 15 dias, foi vítima de um assalto na noite da última quinta-feira , no Aterro do Flamengo, na Zona Sul da cidade. Yulya Golovko, de 26 anos, e Kostiantyn Miska, de 33, passeavam de bicicleta pela ciclovia, na altura do Monumento a Estácio de Sá, por volta das 21h, quando ela, que estava um pouco atrás do namorado, foi abordada por um homem a pé. O bandido tentou tomar a mochila da turista, que reagiu e acabou esfaqueada várias vezes.

O ucraniano Kostiantyn Miska tem 33 anos
Reprodução - 14.05.2022
O ucraniano Kostiantyn Miska tem 33 anos

Um casal de ucranianos, que chegou no Rio há cerca de 15 dias, foi vítima de um assalto na noite da última quinta-feira, no Aterro do Flamengo, na Zona Sul da cidade. Yulya Golovko, de 26 anos, e Kostiantyn Miska, de 33, passeavam de bicicleta pela ciclovia, na altura do Monumento a Estácio de Sá, por volta das 21h, quando ela, que estava um pouco atrás do namorado, foi abordada por um homem a pé. O bandido tentou tomar a mochila da turista, que reagiu e acabou esfaqueada várias vezes.

O agressor fugiu levando a mochila, que continha os passaportes do casal, um computador e remédios dos quais a jovem faz uso. Os documentos e a medicação foram recuperados pela polícia horas depois do crime, mas o notebook de ponta não foi localizado.

A Polícia Militar informou que agentes do BPTur chegaram a realizar rondas na região para tentar capturar possíveis envolvidos com o ataque, mas ninguém foi encontrado. Ainda de acordo com a PM, o patrulhamento nas redondezas do Aterro do Flamengo foi reforçado.

A investigação está nas mãos da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat), que busca imagens de câmeras de segurança que possam ter flagrado o episódio. Kostiantyn já foi ouvido por agentes que, até a noite desta sexta, ainda aguardavam que Yulya se recuperasse dos ferimentos para colher o relato da jovem.

"Ali há muitas câmeras de tráfego filmando a pista e poucas voltadas para o parque, mas analisaremos todo o material para que seja possível identificar o assaltante", explicou a delegada Patrícia da Costa Araújo de Alemany, titular da Deat. "É uma história horrível, até pela nacionalidade dos envolvidos, mas 90% dos crimes contra estrangeiros no Rio não têm violência, sobretudo em áreas mais turísticas. Esse caso é um ponto bem fora da curva."

O casal está no Rio há cerca de duas semanas, hospedado em um apartamento alugado em Copacabana. Eles vieram à cidade para eventos profissionais, mas aproveitaram a ocasião para fazer turismo.

Os ucranianos trabalham como designers — ela de produtos, ele de interiores. Kostiantyn é dono de uma empresa especializada em reforma de cozinhas sediada em Nova York, nos Estados Unidos. Invadida pela Rússia, a Ucrânia é, hoje, palco de uma guerra que já deixou milhares de mortos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram  e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários