Sessão no Supremo Tribunal Federal (STF)
Reprodução
Sessão no Supremo Tribunal Federal (STF)


O Supremo Tribunal Federal não é visto com bons olhos pelos eleitores que pretendem votar no presidente Jair Bolsonaro (PL). Segundo dados da última pesquisa Datafolha, quase metade da base do atual mandatário não confia no trabalho feito pelos ministros da Corte.

De acordo com o relatório, dos que votariam em Bolsonaro, 46% consideram o trabalho do Supremo ruim ou péssimo. Já 33% dos bolsonaristas enxergam a atuação dos magistrados regular. Os que acreditam que o desempenho da instituição é boa ou ótima representam 17% dos eleitores do atual chefe do executivo federal.

Os números refletem no discurso adotado pelo governante brasileiro. Nos últimos meses, ele entrou em diversos embates com os ministros do Supremo. Seus alvos prediletos são Alexandre de Moraes e Edson Fachin.

Eleitores de Lula e o STF

Se os bolsonaristas não acreditam no STF não dá pra dizer o mesmo em relação aos petistas. Entre os eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), 31% consideram o trabalho dos ministros do Supremo ótimo ou bom. Já 41% veem como regular e 24% como ruim ou péssimo.

Lula sempre adotou um tom diferente de Bolsonaro. Apesar de ter feito críticas pontuais para alguns ministros, o ex-presidente nunca deixou de obedecer uma ordem do Supremo e jamais desafiou algum magistrado. Não por acaso, aceitou pacificamente ser preso em 2018 e aguardou a decisão da Corte para ser liberado no final de 2019.


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários