Sobe número de mortos após chuvas no Grande Recife
Reprodução / TV Globo - 28.05.2022
Sobe número de mortos após chuvas no Grande Recife

Sob alerta de grande perigo, na classificação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Pernambuco soma 35 mortes em deslizamentos nos últimos quatro dias. Somente neste sábado (28), foram 30 vítimas.

Um único escorregamento de terra na comunidade Jardim Monte Verde, no bairro do Ibura, na Zona Sul da capital pernambucana, deixou 19 pessoas mortas. No começo do dia, havia sido registrada a morte de uma criança na mesma comunidade, mas numa área que pertence ao município de Jaboatão dos Guararapes.

Também foi registrado nessa manhã a morte de um jovem de 18 anos soterrado após o deslizamento de uma barreira na rua Padre Antônio Prado, no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife. O corpo de Claudemir Barbosa foi encontrado por volta das 9h pelo Corpo de Bombeiros.

Além disso, houve uma vítima em Sítio dos Pintos, na Zona Oeste do Recife, e seis no município de Camaragibe, na Grande Recife. Duas crianças morreram em um deslizamento na comunidade Bola de Ouro, em Jaboatão dos Guararapes.

Segundo dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Camaragibe registrou 129 milímetros de chuva, enquanto Recife contabilizou 150 milímetros até o início da tarde deste sábado.

Chuvas durante a semana

Desde domingo (22), as chuvas que atingem as regiões do Grande Recife e Zona da Mata provocaram a morte de outras cinco pessoas:

  • José Cláudio da Silva, de 62 anos, morreu soterrado em deslizamento de barreira no Córrego do Abacate, no bairro de Águas Compridas, em Olinda;
  • Aureogildo Antônio de Vasconcelos Júnior, de 36 anos, morreu ao cair em um canal na Avenida Presidente Kennedy, no bairro, em Olinda;
  • Rosemary Oliveira da Silva, de 44 anos, e Sérgio Pimentel dos Santos, de 54 anos, morreram soterrados em deslizamento de barreira no Córrego do Abacaxi, no bairro de Caixa D'Água, em Olinda;
  • Alex Rodrigo da Luz, de 41 anos, morreu ao ser arrastado pela correnteza enquanto tentava resgatar um cavalo em uma rua alagada no Conjunto Muribeca, em Jaboatão.

As tempestades também fizeram com que quase mil pessoas precisassem deixar as casas onde moravam devido aos alagamentos e deslizamentos.

Como pedir ajuda?

Em caso de risco, a Central de Operações da Secretaria de Defesa Civil do estado (Codecipe) disponibiliza os telefones 199 e (81) 3181-2490, em que mantém plantão 24 horas por dia.

Para contatar as defesas civis municipais, confira os telefones abaixo:

  • Abreu e Lima: (81) 99933-6380
  • Araçoiaba: (81) 3543-8983
  • Cabo de Santo Agostinho: 08002818531
  • Camaragibe: (81) 2129-9564, (81) 99945-3015 e 153
  • Igarassu: (81) 99460-9073
  • Itamaracá: (81) 3181-2490 e 199
  • Ipojuca: (81) 99231-8607 (telefone e WhatsApp)
  • Itapissuma: (81) 98844-5216
  • Jaboatão dos Guararapes: (81) 3461-3443 e (81) 99195-6655
  • Moreno: (81) 98299-0974 e (81) 98128-2018
  • Olinda: (81) 99266-5307
  • Paulista: 153
  • Recife: 08000813400
  • São Lourenço da Mata: (81) 98338-5407

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários