Prefeitura de SP oferece assistência a moradores de rua por conta da onda de frio
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Prefeitura de SP oferece assistência a moradores de rua por conta da onda de frio

Com a chegada da época mais fria do ano, a cidade de São Paulo reforça o trabalho de apoio à população em situação de rua, por meio da Operação Baixas Temperaturas.

Pelos próximos meses, até o dia 30 de setembro, sempre que os termômetros registrarem 13°C ou menos, as abordagens para acolher e abrigar crianças, adolescentes, adultos e idosos em situação de rua serão intensificadas.

Se vir uma pessoa em situação de rua, ligue gratuitamente para a Central 156. O serviço funciona 24 horas por dia, mas é importante informar o endereço da via em que a pessoa está e as características físicas para facilitar sua localização.

Desde o início da Operação Baixas Temperaturas (OBT), a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) já realizou 19.765 atendimentos às pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade social. Os atendimentos resultaram no encaminhamento de 5.587 pessoas e na distribuição de e 11.959 cobertores.

Além disso, a operação ainda conta com dez tendas instaladas nas regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e central. A Prefeitura de São Paulo já realizou 14.232 atendimentos nas tendas para apoio às pessoas em situação de rua. Implementados no dia 17 de maio, os serviços funcionam das 18h às 0h e, juntos, já distribuíram 12.642 (sopas e bebidas quentes, além de água) e, também, já foram aplicadas 1.125 vacinas (Covid-19 e Influenza).

Nas tendas, as equipes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) são as primeiras a receber os moradores em situação de rua, dando-lhes orientações necessárias e ofertando cobertores.

Caso a pessoa tenha interesse em acolhimento, receberá transporte de ida e volta para ser abrigado nos sete Centros Esportivos da capital que, neste momento, dispõem de espaços organizados para este fim.

Quem procura o serviço também é atendido por profissionais da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio das equipes do Consultório na Rua. Após isso, às pessoas em situação de rua são recepcionadas pelas equipes da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, que oferece a todos sopas, bebidas quentes e os kits inverno, que contêm luvas, gorro e meias.
Nas dez tendas, para todas as noites são contratados 6 mil sopas, 3 mil chás, 3 mil chocolates quentes e 3 mil garrafas de águas.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários