Cratera marginal Tietê
Reprodução: cnn
Cratera marginal Tietê

Após três meses do acidente que provocou a abertura de uma cratera na marginal Tietê, a causa do vazamento de esgoto na obra da Linha 6 do metrô de São Paulo ainda é desconhecida. O Ministério Público atua na investigação que busca entender o que provocou o acidente. 

Uma reportagem do Fantástico transmitida neste domingo (8), mostrou o local da construção que foi afetado em feveiro deste ano. O ponto do acidente está a 30 metros de profundidade. 

Em vídeos, é possível ver a aguá do egosto invadindo os túneis dedicados para o funcionamento da nova linha do metrô. O desmoronamento provocou o bloqueio da marginal Tietê, uma das vias mais importantes da cidade. 

Segundo a reportagem, foram 200 milhões de litros de esgoto passando pelo local. O "tatuzão", equipamento responsável por realizar a abertura dos túneis, está passando por uma manutenção para que volte a funcionar.

De acordo com o governo, o cronograma para finalização da obra continua o mesmo. Com entrega programada para 2025, os custos da reconstrução é responsabilidade da concessinária que realiza a obra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários