Armas e itens foram apreendidos na casa do suspeito, que foi preso. Ele planejava atacar uma escola
Divulgação/PC-DF - 29.03.2022
Armas e itens foram apreendidos na casa do suspeito, que foi preso. Ele planejava atacar uma escola

"Neutralizamos uma possível tragédia". Assim definiu o delegado Dário Taciano de Freitas, da Delegacia Especial de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), da Polícia Civil do Distito Federal, a importância da prisão, nesta terça-feira (29), de um homem de 20 anos, morador da Asa Norte, em Brasília, que planejava realizar um massacre numa escol a.

Após uma investigação que contou com apoio internacional da adidância da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos (U.S. Immigration and Customs Enforcement) e da Agência de Investigações de Segurança Interna (Homeland Security Investigations ou HSI), agentes conseguiram antecipar o plano do suspeito, que ele postava na internet e expunha em trocas de mensagens.

Com o preso, policiais encontraram um porrete, faca, arma e uma máscara — item característico utilizado em crimes como este —, além de fotos e vídeos com pornografia infantil no celular dele.

O plano de invadir uma escola e atirar contra os alunos foi descoberto por um braço do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que repassou as informações às autoridades locais. Na delegacia, o homem admitiu que participa de  grupos com ideais nazifascistas e antidemocráticos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários