Chuvas em Petrópolis (RJ)
Reprodução / CNN Brasil
Chuvas em Petrópolis (RJ)

As chuvas fortes e os deslizamentos vem castigando a população brasileira desde o início do ano, e segundo Francisco de Assis, chefe da meteorologia do INMET, a trégua ainda pode demorar a chegar.

"O momento é propício para chuvas intensas no sudeste em razão de uma convergência de umidade que está entre Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo. Elas também devem pegar São Paulo, como há 15 dias. É a região com mais probabilidade de chuvas intensas no período de verão", explica.

Segundo Assis, o Rio de Janeiro pode esperar mais chuvas amanhã em diante. A partir do final de semana, o sul de Minas e São Paulo devem ser atingidos, de forma mais intensa, fato que pode causar mais estragos.

"O problema é que já vem chovendo nessas regiões de forma significativa há vários dias. O solo vai ficando encharcado, e quando cai uma chuva mais forte, acontecem os desmoronamentos. Muitas vezes não é somente a chuva do dia, mas o que já vem se acumulando", afirma.

O INMET emite diariamente boletins sobre a possibilidade de chuvas intensas. O sudeste e o centro-oeste estão com alertas de perigo e perito potencial para chuvas de 50 a 100mm/dia.

Segundo o especialista, o INMET mantém contato direto com a Defesa Civil, para que moradores de regiões de risco possam ser avisados e, se possível, deixem os locais.

** Filha da periferia que nasceu para contar histórias. Denise Bonfim é jornalista e apaixonada por futebol. No iG, escreve sobre saúde, política e cotidiano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários