O pedreiro filmou a mulher sem autorização e divulgou as imagens em grupos de mensagens
Reprodução
O pedreiro filmou a mulher sem autorização e divulgou as imagens em grupos de mensagens

Policiais civis da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), em São Gonlaço, Rio de Janeiro, prenderam um homem, de 35 anos, pelo crime de divulgação e compartilhamento de nudez sem autorização. Ele é acusado de gravar um vídeo de uma mulher nua sem autorização e divulgar as imagens em grupos de aplicativo.

Segundo os agentes, o autor é pedreiro e trabalhava na obra de um prédio em frente ao que a vítima morava e trocava de roupa. O autor aproveitou a situação, filmou a mulher sem autorização e divulgou as imagens.

Ela soube do crime após receber de conhecidos o vídeo em que aparece sem roupas. De acordo com as investigações, o autor divulgou a gravação, de forma criminosa, em seu grupo de amigos, que viralizou. 

O caso foi registrado na delegacia, o autor foi identificado e preso, na sexta-feira (04/02), menos de 24 horas após cometer o crime.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários