Todas as vítimas foram identificadas
reprodução / Twitter
Todas as vítimas foram identificadas

Os fragmentos corporais das vítimas da queda do paredão em Capitólio (MG) no último sábado (8) serão encaminhados a Belo Horizonte para fazer o cruzamento de material genético. O acidente deixou um total de 10 mortos, segundo o Corpo de Bombeiros, e todos já foram identificados pela Polícia Civil.

"Fragmentos e material genético angariados dos familiares serão encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) em Belo Horizonte para análise robusta de comparação de material genético", disse o delegado da Polícia Civil de Minas Gerais, Marcos Pimenta.

De acordo com ele, ainda "existem alguns fragmentos de corpos que não estão aptos para serem reconhecidos no momento".

As buscas no local continuam, segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, o tenente Pedro Aihara, mas a corporação acredita que todas as vítimas já tenham sido encontradas . Os bombeiros também procuram fragmentos da Lancha Jesus, onde estavam as pessoas que morreram no acidente, além de objetos pessoais.

Identificação das vítimas

Na tarde desta segunda-feira (10), foi concluída a identificação das vítimas encontradas no Lago de Furnas . O grupo era formado por familiares ou amigos e estava hospedado em uma pousada em São José da Barra (MG).

Foram identificados:

  • Rodrigo Alves dos Anjos, 40 anos, nascido em Betim (MG) — Vítima pilotava lancha
  • Carmem Pinheiro da Silva, de 43 anos, natural de Cajamar (SP)
  • Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG);
  • Camila Silva Machado, de 18 anos, de Paulínia (SP);
  • Mykon Douglas de Osti, de 24 anos, de Campinas (SP);
  • Sebastião Teixeira da Silva, de 64 anos, de Anhumas (SP); e a esposa dele, Marlene Augusta Teixeira da Silva, de 57 anos, de Itaú de Minas (MG);
  • Geovany Teixeira da Silva, de 37 anos;
  • Geovany Gabriel Oliveira da Silva, 14 anos;
  • Thiago Teixeira da Silva Nascimento, 35 anos

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários