Primeira Audiência de Instrução e Julgamento do caso Henry Borel
BRUNNO DANTAS-TJRJ
Primeira Audiência de Instrução e Julgamento do caso Henry Borel

O primeiro momento em que Monique Medeiros chorou, na continuação da audiência de instrução e julgamento desta terça-feira, foi quando uma tia de Jairo Souza Santos Júnior, o Jairinho , a professora Herondina de Lourdes Fernandes, a elogiou como mãe.

Foi na casa dela, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, onde Jairinho estava com Monique, que o casal foi preso por policiais da 16ª DP. Na ocasião, dois celulares foram arremessados do quarto onde o casal dormia pelo basculante de um dos banheiros.

Leia Também

Herondina disse que esteve com Monique e com o menino em alguns momentos — não soube precisar quantos — e garantiu que a convivência entre os três era "harmoniosa".

— Monique cuidava bem do menino, dava comida pra ele — disse Herondina, levando Monique as lágrimas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários