Avião caiu no mar entre a divisa de SP e RJ
Reprodução/redes sociais
Avião caiu no mar entre a divisa de SP e RJ

O avião bimotor que caiu em mar aberto entre Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), na noite de ontem, com dois pilotos e um passageiro,  foi fabricado há 40 anos, em 1981, pela Piper Aircraft, uma das três grandes fabricantes do mundo. A empresa tem sede na Flórida, nos Estados Unidos.

A Força Aérea Brasileira encontrou, na tarde desta quinta-feira (25), um corpo nas proximidades de onde a aeronave caiu , mas ele ainda não foi identificado. Segundo a FAB, porém, provavelmente é uma das vítimas do acidente com bimotor.

Na manhã de hoje, também foram localizados destroços na área de busca, mas ainda não há confirmação de que pertençam ao veículo.

A aeronave estava registrada para serviços aéreos privados e autorizado para realizar voos noturnos por instrumentos (IFR), de acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB). O avião teve operação negada apenas para táxi aéreo.

Leia Também

O veículo é de modelo PA-34-220T e tem número de série 34-8133079. Ele transporta até seis passageiros e decola com peso máximo de 2.155 kg.

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a última movimentação de compra da aeronave foi feita em 1º de junho de 2020, com propriedade atribuída ao copiloto José Porfírio de Brito Júnior.

Além disso, o Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade (CVA) do veículo estava em dia, com data de validade até o dia 6 de agosto de 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários