Micro-ônibus tomba em SP
Reprodução
Micro-ônibus tomba em SP

O micro-ônibus que tombou na Rodovia Mogi-Bertioga neste domingo (7) estava operando de forma clandestina. Uma mulher morreu e outros 34 passageiros ficaram feridos no acidente.

Em nota, Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) confirmou que o veículo da Juli Wil Locadora Transporte e Turismo Ltda, que responsável pelo veículo, não tem registro junto à agência.

A Artesp lamentou o acidente, e frisou "que mantém ações constantes de fiscalização em todo o Estado, visando coibir tanto o transporte clandestino quanto o irregular, que expõem os usuários a riscos por falta de segurança e ausência de documentação dos veículos e/ou por não honrarem a contratação de seguros."

Segundo o G1, a Secretaria de Turismo de Bertioga informou que a placa do micro-ônibus não constava na lista de pedidos de autorização de entrada de veículos de Turismo na cidade, então não tinha autorização para prestar serviços no município.

O acidente aconteceu por volta das 6h, no km 86 da rodovia que liga Mogi das Cruzes a cidade litorânea de Bertioga. Três feridos estão em estado grave.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários