Pastor Huber Carlos Rodrigues deixou documento dizendo que ressuscitaria após o terceiro dia
Reprodução/Metrópoles
Pastor Huber Carlos Rodrigues deixou documento dizendo que ressuscitaria após o terceiro dia

Uma multidão se reuniu em frente a uma funenária no interior de Goiás esperando a ressurreição de um pastor. Huber Rodrigues assinou um documento dizendo que ressucitaria três dias após a sua morte.

A viúva do pastor se negou a liberar o corpo do marido  para ser sepultado, mas o prazo se esgotou às 23h30 desta segunda-feira (25). Por volta das 0h, corpo foi colocado em carro funerário para o velório.

"Chegamos aqui tinha cerca de 20 pessoas. Agora olha a multidão. Todo lugar do mundo está acompanhando", diz uma das pessoas que aguardava em frente à funerária. Em outro trecho, a mesma pessoa afirma: "que ele possa deixar um legado".

O religioso faleceu na última sexta-feira (22) em decorrência de complicações cariorrespiratórias, em Itumbiara.

"Minha integridade física tem que ser totalmente preservada, pois ficarei por três dias morto, sendo que no 3ª dia, eu ressuscitarei. Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro e nem se decomporá, pois o próprio Deus terá preparado minha carne e meu cérebro para passar por essa experiência", escreveu no documento.

Apesar de não regitrada em cartório, o documento foi assinado por duas testemunhas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários