Reprodução/Twitter
"A Team" deixa faixa no local onde cachorros foram misteriosamente resgatados, em La Palma

Um misterioso grupo que se autodenomina "A Team" (Time A, em tradução literal) resgatou os cães que estava cercados pela lava do vulcão nas ilhas canárias de La Palma, na Espanha. Uma empresa de drones, que monitorava os animais, identificou faixa deixada pelo grupo no local.

"Seja forte, La Palma. Os cachorros estão bem", diz a mensagem capturada pela Aerocámaras. Drones chegaram a deixar comida para os animais  e estudava uma forma de resgatá-los do teto do depósito de água onde estavam localizados.

Além da faixa com a mensagem, a empresa disse que os drones detectaram sinais de atividade humana no local, como pegadas. Para o El País, uma fonte disse acreditar que os animais estão bem, mas que será difícil esclarecer como o resgate foi feito, já que as autoridades proibiram a entrada de civis em áreas afetadas pelo vulcão.

Ainda segundo a publicação, a única maneira de chegar ao depósito onde os cães estavam abandonados é caminhando sobre a lava que cercavam o local. Os vôos de helicóptero também estão proibidos por razões de segurança.

A Aerocámaras foi contratada por uma organização sem fins lucrativos para fazer o resgate dos cachorros. No dia 19 de outubro receberam a autorização e, embora os testes tenham sido bem-sucedidos, os cães não foram avistados dias depois.

A empresa agora quer uma confirmação da localização dos cães para ter certeza de que estão em segurança e então encerrar as atividades no local. "Queremos ter a certeza. Hoje estivemos a rever as imagens e confirmamos com as autoridades que apareceram pegadas [humanas] onde estavam os cães", disse Jaime Pereira, CEO da Aerocámaras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários