Grupo Antivacina leva cartaz com referência nazista em protesto contra passaporte vacinal na Câmara de Vereadores de Porto Alegre
Divulgação/Twitter
Grupo Antivacina leva cartaz com referência nazista em protesto contra passaporte vacinal na Câmara de Vereadores de Porto Alegre

Um grupo antivacina entrou na Câmara de Vereadores de Porto Alegre nesta quarta-feira (20) e causou uma briga generalizada, encerrando sessão que debatia a exigência do passaporte vacinal na capital do Rio Grande do Sul.

O prefeito Sebastião Melo vetou a obrigatoriedade do passaporte - a apresentação do documento já é obrigatória desde segunda-feira (18) após determinação estadual. A Câmara então debatia o assunto quando manifestantes contrários à obrigação entrou no local.

Exibindo cartazes com referências nazistas, o grupo foi confrontado por vereadores, que relatam agressões. O vereador Carlos Janta (SD) teria sido mordido no dedo.

Leonel Radde (PT) e Manuela D'avila registraram o ocorrido em suas redes sociais. "Os 'patriotas' fazendo apologia ao nazismo na Câmara Municipal de Porto Alegre", disse o petista, segurando o cartaz com uma suástica levado pelo grupo.

No vídeo publicado pela ex-candidata à prefeitura de Porto Alegre é possível ver a troca de socos entre manifestantes e vereadores. A sessão só foi retomada após a retirada do público do plenário.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários