null
Divulgação/ AMB
undefined


Um grupo de afegãos composto por sete juízas, três juízes casados com elas e seus familiares chega ao Brasil nesta semana. Eles foram resgatados por uma operação conjunta entre associações de classe nacionais e internacionais após garantirem o visto humanitário.


Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a primeira família desembarcou no país na segunda-feira (18), a segunda chegou hoje e as cinco demais devem chegar na quarta (20). Como as magistradas julgaram casos envolvendo membros do Talibã, elas estavam sendo ameaçadas de morte desde que o grupo fundamentalista retomou o controle do país , em agosto.


A publicação explica que a operação é organizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que atende a um pedido da Associação Internacional de Juízas. A entidade afirma que 270 magistradas que atuavam no Afeganistão buscavam países para se abrigar.



Inicialmente, as famílias enviadas para o Brasil vão morar em uma hospedagem provisória em Brasília, mas a AMB preparou um plano para atendê-los, o que inclui parcerias para o provimento de planos de saúde, escolas, atendimento psicológico e demais serviços. A associação pretende ainda lançar uma campanha para arrecadar fundos e ajudá-los a se estabilizar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários