Doria e Aécio Neves
George Gianni / PSDB
Doria e Aécio Neves

O deputado federal Aécio Neves ironizou o governador de São Paulo, João Doria, após a participação em uma agenda política em Minas Gerais, onde a seção estadual do PSDB já teria fechado apoio ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nas prévias para definir o candidato à Presidência.

“O Doria inaugurou em Minas o evento ‘nem nem’. Nem um prefeito, nem um vereador. É a nova modalidade de campanha sem eleitor”, afirmou Aécio, em fala reproduzida pela Folha de S.Paulo.

A agenda foi realiza na sexta-feira e os únicos tucanos eleitos que foram a um jantar promovido por Doria foram o deputado Domingos Sávio, vice-presidente nacional da legenda, e um prefeito. Na agenda na cidade de Betim, nenhum eleito pelo partido apareceu.

Vale lembrar que o PSDB de Minas tem 84 prefeitos, 63 vices, 731 vereadores, cinco deputados federais e cinco estaduais. Apesar da baixa adesão, os apoiadores de Doria classificam a passagem por Minas Gerais como positiva, usando justamente a presença de Domingos Sávio, o que mostraria haver espaço no estado para o governador paulista.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários