Ministério Público de MG
Reprodução O Globo
Ministério Público de MG

Uma mulher foi presa no município de Tiros, em Minas Gerais, por assediar menores de idade a praticarem atos libidinosos, induzir ao suicídio, incentivar o tráfico de pessoas, promover um massacre em escola e fazer apologia ao nazismo. A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo Ministério Público do estado (MP).

De acordo com o MP, a mulher assediou duas menores de idade a praticar os atos libidinosos. A abordagem foi feita por meio de trocas de mensagens e a conversa abordou a possibilidade de crime de estupro de vulnerável contra uma delas. As identidades da suspeita e das vítimas não foram divulgadas.

"Além disso, as redes sociais da acusada revelam postagens de induzimento ao suicídio, incentivo ao tráfico de pessoas, apologia ao nazismo, ao uso de drogas e ao massacre de pessoas: mensagem trocada com uma das menores revela intenção de promover um massacre na escola", diz o MP, em nota.

'Lázaro vai te pegar': Base das buscas por serial killer, Cocalzinho de Góias ficou com fama de 'cidade assombrada'

A investigação começou após a denúncia da mãe de uma das menores. Ela notou a mudança de comportamenteo das filhas e identificaram conversas entre as acusadas e a vítima, diz o MP.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários