Deputado Federal, Eduardo Bolsonaro
Reprodução: Câmara dos Deputados
Deputado Federal, Eduardo Bolsonaro

Nesta sexta-feira (24),  o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou em suas redes sociais que tomou a primeira dose da vacina Pfizer e mesmo assim contraiu a Covid-19. Ainda, na mesma publicação, ele revela que a vacina não é inútil e se sente bem.


O filho do presidente  testou positivo para a doença nesta sexta e confirmou a informação em entrevista ao blog do Nolasco, que também informou estar sem paladar e com coriza. Apesar da infecção, em um dos posts feito pelo deputado, ele diz que está se recuperando.

"Apesar do diagnóstico, estou me sentindo bem e comecei a me tratar imediatamente", afirmou Eduardo em sua conta no Twitter.


Embora o deputado tenha negado a ineficiência da vacina, ele também afirmou que testar positivo mesmo após a primeira dose do imunizante é mais um argumento contra o passaporte sanitário.

Segundo especialistas, nenhuma vacina disponível no Brasil é 100% eficaz contra o novo coronavírus, porém, a imunização completa diminui consideravelmente a chance da doença se tornar grave.

Eduardo esteve na comitiva presidencial que participou da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), ocorrida em Nova York, nos Estados Unidos. Além do diagnóstico do filho do presidente Jair Bolsonaro, Marcelo Queiroga, o ministro da Saúde, também foi diagnosticado com a doença.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários