nessa: Datafolha: apoio de evangélicos a Bolsonaro diminui, e reprovação ao governo já supera aprovação
Reprodução
nessa: Datafolha: apoio de evangélicos a Bolsonaro diminui, e reprovação ao governo já supera aprovação

A mais recente pesquisa Datafolha informa que o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança das intenções de voto para a corrida presidencial do próximo ano. Com ampla vantagem, um eventual segundo turno contra o  atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria a volta do candidato de esquerda por 56% contra 31%. O quadro indica estagnação na visão do eleitor quanto ao pleito de 2022.

Nas diferentes cenários, o levantamento mostra que Lula oscila de 46% para 44% em um eventual primeiro turno. Bolsonaro aparece em segundo e apresenta de 25% a 26% nas intenções de voto. Quem fecha o pódio é Ciro Gomes (PDT) com 8% a 9% do eleitorado. Os candidatos tucanos João Doria (PSDB) e Eduardo Leite tiveram desempenhos semelhantes, com 4% a 5% e 3% a 4%, respectivamente.

Os candidatos da 'terceira via' foram testados e, entre os mais diferentes cenários, tiveram as seguintes pontuações: apresentador José Luiz Datena (PSL) obteve 4%; senadora Simone Tebet (MDB) tem 2%; presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) possui 1%; e o ex-ministro Aldo Rebelo (sem partido) apresenta 1%. Em todos os cenários, os votos brancos, nulos ou nenhum chegam a 10%.

Em um eventual segundo turno, Lula - que antes venceria Bolsonaro por 58% a 31% - agora venceria por 56% a 31%. Uma diferença de 25 pontos percentuais. O quadro indica estagnação na visão do eleitor quanto ao pleito de 2022, com Lula na liderança e Bolsonaro atrás, mas distante do petista.


Caso enfrente Doria, o petista teria uma vitória de 55% por 23%. Num cenário de disputa com Ciro Gomes, Lula possui 51% contra 29%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários