Bolsonaro terá recurso julgado pelo STJ em caso de suposta homofobia
Reprodução: iG Minas Gerais
Bolsonaro terá recurso julgado pelo STJ em caso de suposta homofobia

presidente Jair Bolsonaro (sem partido) terá seu recurso julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na próxima terça-feira (14). A ação refere-se a uma decisão judicial que o condenou a pagar R$ 150 mil em danos morais coletivos em decorrência de declarações homofóbicas realizadas pelo então deputado federal no programa Custe o que Custar, em 2011. As informações são da jornalista Mônica Bergamo.

Na ocasião, Bolsonaro foi questionado sobre suas ações caso descobrisse que um de seus filhos fosse gay. Jair prontamente respondeu que "isso nem passa pela minha cabeça porque tiveram uma boa educação. Eu fui um pai presente, então não corro esse risco".


O então deputado federal foi julgado e condenado a pagar R$ 150 mil, porém, sua defesa alega que o mandatário não possui a obrigação em indenizar aqueles que se sentiram ofendidos, já que opiniões parlamentares são protegidas pela inviolabilidade. O recurso será julgado pela Terceira Turma do STJ.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários