Lula compara Bolsonaro a ditadores:
Reprodução
Lula compara Bolsonaro a ditadores: "Está mais para Hitler e Mussolini"

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) participou de um podcast com Mano Brown, divulgado nesta quinta-feira (09), e falou sobre a situação política do Brasil. Segundo o petista,  Jair Bolsonaro (sem partido) não deve ser considerado um candidato de direita, pois ele "está mais para Hitler e Mussolini".

"O que tá acontecendo no Brasil não é uma disputa de direita e esquerda. É entre fascistas e democracia. Bolsonaro não é de direita. Ele tem que ser analisado mais pra Hitler e Mussolini do que pra um cara de direita. Porque ele não pensa. Ele não constrói um pensamento, ele constrói bobagem. Você não vê uma frase inteira dele dizendo alguma coisa que preste, é só bobagem. Não tem 3 minutos de argumento pra nada sério, Por isso que a vida dele é fake news", afirmou o líder sindical.

Brown e Lula chegaram neste assunto através de uma discussão entre "direita e esquerda". A avaliação do ex-presidente é de que "esquerda são agrupamentos políticos mais preocupados com a questão social, com o crescimento de oportunidades para os chamados oprimidos. E as direitas são aqueles setores conservadores, que querem ficar mais ricos em detrimento da sociedade".

O petista criticou a definição da direita do interesse em um estado menor e afirmou que candidatos deste espectro defendem "um estado servindo aos seus interesses".


"A direita não fala uma linguagem que eu admiro que ela fale. Ele (Bolsonaro) ganhou porque muita gente do nosso povo votou com ele. Nós perdemos no debate ideológico. A direita tem sua importância sim, eu admiro um cara de direita que debate com firmeza. O que não acho é que esteja preparado pra enfrentar o debate destrutivo que eles fizeram", opina Lula.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários