Mulher presa no Espírito Santo havia ateado fogo no pai em São Paulo
Reprodução
Mulher presa no Espírito Santo havia ateado fogo no pai em São Paulo

Polícia Militar do Espírito Santo realizou, no último sábado (04), a prisão de uma mulher de 41 anos de idade em Fundão, Região Metropolitana de Vitória. A detenção, segundo os agentes de segurança, ocorreu pois a suspeita havia ateado fogo em seu próprio pai durante visita a cidade de Embu-Guaçu, em São Paulo, no dia 09 de julho. As informações são do portal Metrópoles.

As causas do crime, segundo informa a polícia, seria vingança. Isso porque o pai da mulher havia abusado sexualmente dela durante sua adolescência. Monitorada há alguns dias, os endereços da suspeita eram alterados com frequência - o que dificultou a abordagem polícial.

De acordo com a PM, no dia 09 de julho, a mulher buscou o pai, de 65 anos, em uma clínica de reabilitação sob a jusificativa de realizar um passeio com seu familiar. No entanto, o episódio foi um pretexto para levá-lo a uma trilha e atear fogo em seu corpo. O idoso morreu carbonizado.


A suspeita foi encaminhada à Delegacia Regional de Aracruz e, posteriormente, houve o seu encaminhamento ao Centro Prisional Feminino de Colatina. A mulher permanece à disposição da Justiça. A Polícia Civil do Espirito Santo informou que a decisão de transferí-la ficará a cargo do Poder Judiciário de São Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários