Cristiane e Leonardo desapareceram no domingo, 22
Reprodução
Cristiane e Leonardo desapareceram no domingo, 22

A Polícia Civil revelou, nesta quarta-feira, que houve um pedido de socorro com sinalizadores, na área de Marambaia, no dia 23 agosto, cerca de 24 horas depois de Cristiane Nogueira da Silva, de 48 anos, e Leonardo Machado de Andrade, de 50, terem sido vistos pela última vez saindo de barco para assistir o pôr do sol, na Baía da Ilha Grande, em Angra dos Reis, na Costa Verde. Foi numa praia de Marambaia que o corpo de Cristiane acabou encontrado, neste domingo,  sendo resgatado somente no dia seguinte por conta da melhora das condições do mar.

Segundo o delegado Vilson Almeida da Silva, da 166ªDP ( Angra dos Reis), a polícia e os bombeiros continuam realizando buscas para tentar encontrar Leonardo e a embarcação desaparecida. A confirmação de que houve um pedido de socorro reforça a hipótese, segundo a policia, de que a embarcação usada pelo casal pode ter naufragado em algum ponto da Baía da Ilha Grande, principalmente na área próxima à Marambaia.

"Tivemos uma informação de que na segunda-feira ( dia23), por volta  das 19h, houve  um pedido de socorro na área da Marambaia, em Guaratiba. Nós confirmamos esta informação com  a pessoa que viu o sinalizador. Ela informou que viu o sinalizador por volta das 19 horas. Nós vamos continuar investigando até identificar o que aconteceu com o casal. As  buscas continuam. Fica mais forte a hipótese de naufrágio. Queremos confirmar agora se o pedido de socorro foi feito da embarcação desaparecida", disse o delegado.

A Policia Civil também obteve imagens de câmera de segurança da área externa da casa em que estavam Leonardo Machado de Andrade e Cristiane Nogueira da Silva, de 48, pouco antes de sair para um passeio no mar. As gravações mostram o momento em que o casal deixa o imóvel, pouco depois das 17h do dia 22 de agosto.  A gravação mostra Leonardo deixando a casa primeiro e Cristiane em seguida, após trancar a porta. Os dois caminharam em direção ao mar para o embarque.

O casal viveu junto por dois anos e estava separado, de acordo com familiares, por um período idêntico. Os dois estavam ensaiando uma reconciliação e passavam o fim de semana  em uma casa, na Ilha Grande. Segundo a polícia, há indícios de que a causa da morte de Cristiane seja afogamento. O corpo dela, encontrado na Marambaia, depois de ter ficado desaparecido por mais de uma semana, vai ser cremado. A família da corretora de imóveis está cuidando dos procedimentos burocráticos para somente   depois disso decidir quando e onde será realizada a cerimônia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários