Indígenas no STF
Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil
Indígenas no STF

Nesta quarta-feira (1), o Supremo Tribunal Federal (STF) retomou o julgamento do chamado marco temporal para a demarcação de terras indígenas . O tema começou a ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na última quinta-feira (26) e foi adiado para hoje.

No total, 39 representantes de entidades e instituições estão inscritos para falar e, depois, começará o julgamento com o voto dos ministros.

O marco temporal está ligado ao Projeto de Lei 490/2007, apoiado pela bancada ruralista e pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) . A decisão, se aprovada, deve prejudicar o processo de demarcação de 303 terras, onde vivem cerca de 197 mil indígenas.

Desde o início do julgamento na semana passada, indígenas se reúnem em Brasília como forma de protesto contra o tema, em frente ao prédio do STF .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários