Suspeito de ataque a bancos em Araçatuba é preso 450 km de distância da cidade
Reprodução
Suspeito de ataque a bancos em Araçatuba é preso 450 km de distância da cidade

Um suspeito de estar envolvido no ataque a  três agências bancárias em Araçatuba (SP) foi preso, em Campinas (SP), cidade a 450 quilômetros de distância, na noite desta segunda-feira (30). Segundo a Polícia Federal, ele foi detido e encaminhado à sede da PF em Araçatuba.  Por conta da repercussão e circunstâncias, a Polícia Federal assumiu a investigação do crime.

O homem é a quarta pessoa detida. Um suspeito que também foi preso nesta segunda-feira foi ouvido e liberado. Um casal segue preso por suspeita de envolvimento no crime.

Segundo as investigações, pelo menos 20 criminosos participaram da  ação no interior de São Paulo, que resultou em três mortes e cinco feridos.

Entenda o crime 

A quadrilha chegou à Araçatuba por volta da meia noite de segunda-feira (30) e rendeu moradores. Os criminosos usaram as pessoas detidas como "escudo humano" sobre os carros em que estavam.

Além disso, diversos veículos foram queimados em vários pontos do município e da região para impedir a chegada da polícia.  Drones também foram usados pela quadrilha para monitorar a ação da Polícia Militar.

Você viu?

O grupo também espalhou explosivos por vários pontos da cidade para impedir e coagir a polícia de agir contra o crime. Até a manhã de hoje, 16 artefatos tinham sido desarmados.

Na ação, duas agências bancárias foram assaltadas. Em uma delas, os criminosos tiveram acesso ao cofre subterrâneo. Na outra, a quadrilha atacou os caixas eletrônicos. A terceira agência foi apenas danificada. Os valores roubados ainda não foram divulgados.

Troca de tiros 

Segundo a Polícia Militar, um criminoso foi morto durante troca de tiros. Ele foi identificado como Jorge Carlos de Melo, que tinha 39 anos e carregava o documento de identidade na cueca.

Cinco homens também ficaram feridos durante o assalto. Todos foram levados para a Santa Casa de Araçatuba, incluindo o jovem que teve os pés amputados após se aproximar do explosivo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários