Bolsonaro é multado pela sexta vez em São Paulo por não utilizar máscara
Reprodução
Bolsonaro é multado pela sexta vez em São Paulo por não utilizar máscara

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi multado pela sexta vez no estado de São Paulo, neste sábado (21) após sua visita pelo Vale do Ribeira. A informação, divulgada pelo governador João Doria (PSDB) , é de que o mandatário terá de pagar a cifra de R$ 1,5 milhões pela infração.

Em nota, o governo de São Paulo esclareceu que, "assim como fez nesta sexta-feira, nos municípios Iporanga e Eldorado, Bolsonaro caminhou pelas ruas das três cidades do Vale sem utilizar máscara, colocando em risco a saúde da população. A postura infringe a Lei Federal nº 14.019 de 2020, que obriga o uso de máscaras, e o sujeita às penalidades previstas na Lei nº 6.437 de 1977, que prevê multa de até R$ 1,5 milhão para infrações sanitárias gravíssimas".

Leia: Liderados por Doria, governadores se reúnem para debater a crise nos poderes

De acordo com a comunicação do Palácio dos Bandeirantes, o acúmulo das autuações no Vale do Ribeira - nas cidades de Eldorado, Ribeira e Iporanga - pode chegar a R$ 4,5 milhões.


Bolsonaro já foi autuado seis vezes por não utilizar máscaras. As últimas três ocorrências aconteceram nas últimas 24 horas. Seus filhos Flávio, senador; Eduardo, deputado federal; e Carlos, vereador do Rio de Janeiro, também não utilizaram o equipamento de proteção individual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários