Idosa foi esfaqueada em Campo Grande e principal suspeito é o ex-genro
Reprodução: Guarda Municipal
Idosa foi esfaqueada em Campo Grande e principal suspeito é o ex-genro

Na noite do último domingo (8), uma idosa e sua filha foram esfaqueadas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul . A principal suspeita do ocorrido é o ex-genro da vítima.

Durante a ronda de domingo, a Guarda Municipal foi informada que uma idosa havia sido esfaqueada. Ao chegar na residência, a Guarda encontrou a vítima ferida e o ex-genro no local. 

A mulher foi encaminhada para atendimento médico no CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Aero Rancho.

A briga de família aconteceu porque a idosa teria ficado indignada ao saber que a filha iria reencontrar o ex-namorado naquela noite. Sabendo disso, ela foi até a casa do ex-genro, junto de seu filho, a fim de tentar impedir a reconciliação do casal que tinha terminado havia uma semana.

Você viu?

Em relato à Guarda, o filho disse que eles só foram até a casa de seu ex-cunhado porque receberam a informação de que o homem tentaria sair à força com a ex-namorada. O irmão, na tentativa de proteger a irmã, iniciou uma briga de facas com o ex-cunhado. A mãe e filha ao tentarem separar a confusão, acabaram esfaqueadas.

Quando questionado sobre o crime, o ex-genro da senhora disse à Guarda que não sabia dizer se era o responsável pela lesão na ex-sogra.

O filho, que não ficou ferido, contou que viu a irmã sendo agredida e então, decidiu tirar satisfação com o ex-cunhado.

Ainda, após atendimento médico, todos foram levados à delegacia, com exceção da idosa que foi levada à Santa Casa, por conta de um sangramento no braço.

Na delegacia, o caso foi registrado como lesão corporal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários