Alexandre de Moraes incluiu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no inquérito das 'Fake News'
Reprodução
Alexandre de Moraes incluiu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no inquérito das 'Fake News'

Em entrevista para a Rádio 93 FM, do Rio de Janeiro, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) subiu o tom em suas críticas ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) , e chamou o magistrado de "a mentira dentro do Supremo Tribunal Federal". Ao comentar sobre sua inclusão no inquérito das 'Fake News', o capitão do exército foi enfático contra Moraes: "a hora dele vai chegar". As informações são do Antagonista.

"O Alexandre de Moraes acusa todo mundo de tudo. Bota como ‘réu’ no seu inquérito sem qualquer base jurídica para fazer operações intimidatórias, busca e apreensão, ameaça de prisão, ou até mesmo prisão. É isso o que ele está fazendo. E a hora dele vai chegar, porque ele está jogando fora das quatro linhas da Constituição há muito tempo", afirmou o presidente.

Bolsonaro salientou que não pretende sair das 'quatro linhas' em relação a decisão dos ministros da Suprema Corte, mas rapidamente voltou atrás.

" Eu não pretendo sair das quatro linhas para questionar essas autoridades, mas acredito que o momento está chegando. […] Ele fez um absurdo agora, me colocou como réu naquele inquérito das fake news dele. Ele é a mentira em pessoa dentro do STF ", ressaltou Jair.

O mandatário ainda aproveitou a entrevista para chamar o ministro de "arbitrário, ditatorial" e alegou que Alexandre "não leu a Constituição, ou, se leu, aplica de acordo com seu entendimento, para, cada vez mais, agredir a democracia."


O presidente Jair Bolsonaro confirmou sua presença nas manifestações promovidas pela sua base, para o dia 07 de setembro, na avenida Paulista, em São Paulo. A pauta do encontro é a implementação do voto impresso no sistema eleitoral brasileiro. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários