Cena macabra chamou a atenção dos policiais
Divulgação/Polícia Militar ES
Cena macabra chamou a atenção dos policiais

Um casal foi morto dentro do apartamento onde moravam na madrugada desta quarta-feira (4) em Vila Velha, no Espírito Santo. De acordo com a Polícia Civil, a suspeita é que o autor do crime seja o filho das vítimas, que teria esfaqueado os pais e depois tirado a própria vida. A cena do crime, no entanto, chamou a atenção dos policiais, por conter cruzes e escritos em vermelho, além de páginas da Bíblia queimadas.

Segundo apuração do portal UOL , a polícia informou que o médico urologista e pastor Paulo de Oliveira Cesar, de 68 anos, foi achado já sem vida e caído no banheiro da residência. A mulher do médico, Raquel Heringer Cesar, de 61, foi encontrada morta em cima da cama, coberta com lençóis.

Quando a Polícia Militar chegou no local, o imóvel estava revirado. De acordo com o DHPP (Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa), o filho do casal, identificado como Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, cometeu suicídio após o crime. O jovem se jogou de um ponte entre Vila Velha e Vitória. O corpo foi encontrado pelos bombeiros na manhã de hoje.

Segundo a investigação, Guilherme teria ingerido bebida alcoólica a noite toda e, em determinado momento, pegou uma faca na cozinha e foi até o quarto para esfaquear a mãe, que estava dormindo. O pai acordou com o ato e entrou em luta com o filho para tentar impedí-lo, mas acabou sendo esfaqueado também.

Guilherme ao lado da mãe
Divulgação/Polícia Militar ES

Guilherme ao lado da mãe


Depois de matar os dois, o jovem teria ligado para parentes e dito que "tinha cometido uma besteira", informou um dos investigadores ao  UOL . Em seguida, fugiu do local com o carro do pai. O caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca, segundo a Polícia Civil.

A faca utilizada pelo suspeito foi apreendida e será levada para perícia. Os corpos do casal e do filho foram encaminhados para o DML (Departamento Médico Legal) de Vitória para serem liberados para os familiares e para realizar exame.

Cena do crime chocou a PM

Dentro do apartamento, foram encontrados elementos que chamaram a atenção dos policiais. Desenhos de cruzes, um versículo bíblico, páginas da Bíblia queimadas e os dígitos 666 nas portas — considerado o "número da besta" por religiosos — estavam na cena do crime.

Cena do crime
Divulgação/Polícia Militar ES
Cena do crime



Você viu?








"Um cenário completamente macabro. Parecia aquelas coisas de filme de terror. De exorcismo ou invocação demoníaca. Assustou muito a gente. Um colega chegou a fazer uma oração antes de entrar. A gente nunca espera encontrar essas coisas em uma ocorrência," relatou um PM ao jornal, que preferiu não se identificar.

Guilherme era estudante de medicina em uma faculdade particular de Vitória. Ao UOL , os vizinhos disseram que nunca presenciaram qualquer tipo de conflito entre a família, que frequentava uma igreja evangélica da cidade.

A perícia ainda investiga o crime e a motivação.

CVV

Caso esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda especializada. O Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, ligue 188.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários