Jair Bolsonaro promoveu uma mini reforma ministerial em seu governo
Divulgação/Palácio do Planalto/Alan Santos
Jair Bolsonaro promoveu uma mini reforma ministerial em seu governo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou, oficialmente, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) ao cargo de Ministro-Chefe da Casa Civil . O parlamentar substitui o general Luiz Eduardo Ramos na função, que agora comandará a Secretaria-Geral da Presidência. Todas as alterações foram publicadas no Diário Oficial da União desta quarta-feira (28).

Para assumir o cargo de Secretário-Geral, Ramos assumirá o posto que era de Onyx Lorenzoni. Este, por sua vez, será o comandante da nova pasta criada pelo presidente da República: o Ministério do Trabalho e Previdência .

Este será o 23º ministério do governo Bolsonaro - quebrando uma promessa de campanha de governar com apenas 15 pastas - e Onyx Lorenzoni assumirá seu quarto ministério diferente. O gaúcho já esteve à frente das pastas da Casa Civil, Cidadania, Secretaria-Geral e agora Secretaria-Geral.


Já Ciro Nogueira será o quarto ministro a passar pelo comando da Casa Civil. O líder do centrão terá como papel, nas palavras de Jair Bolsonaro, melhorar a relação entre o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto. Suas primeiras missões será articular a aprovação de André Mendonça à cadeira de ministro do Supremo Tribunal Federal e articular a aprovação do fundão eleitoral.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários